Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2013

O que é o Feng Shui?

Imagem
"Ensinai as vossas crianças que uma casa só é habitável quando está cheia de luz e de ar (...)"Le Corbusier
Achei muito interessante esta frase do arquitecto Le Corbusier, de facto também se aplica no Feng Shui.
Uma casa com um chi saudável e harmonioso, onde haja boa energia, onde o chi flua harmoniosamente proporciona uma vida mais equilibrada aos seus habitantes.
Uns dos conselhos que dou nas consultas de Feng Shui é a importância de arejar os ambientes, ter boa energia solar e ter plantas naturais nos locais onde vivemos e trabalhamos.
No útimo workshop que realizei em conversa com os alunos, percebi que existem algumas dúvidas sobre o significado de Feng Shui, quais os benefícios desta arte milenar chinesa e os resultados que podemos obter com uma consulta de Feng Shui às nossas casas ou local de trabalho. Depois há alguma confusão com as várias escolas de Feng Shui e respectivas análises.
O Feng Shui dá-nos instruções para melhorar a energia do ambiente onde vivemos e tra…

Poinsetias

Imagem
Como cuidar desta planta para lá da quadra natalícia
As primeiras semanas do ano constituem a altura ideal para as tarefas de recuperação da estrela-de-natal, também conhecida por poinsetia. Deve dar início a estas tarefas assim que as folhas começam a ficar amareladas e as brácteas vermelhas ficarem escuras. Corte os ramos deixando três gemas em cada um e reduz a rega e a temperatura para que q planta inicie o repouso. Na primavera, faça o transplante para um vaso maior e uma poda de formação definitiva. Esta planta da família das Euphorbiaceae é botânicamente conhecida como Euphorbia pulcherrima. Os astecas chamavam-lhes «a flor que nasce do chão» e usavam-na para fabricar corante para tecidos e a sua seiva medicinalmente para curar febres. Apesar de na maioria dos países estar associada ao Natal, os espanhois chamam-lhe «flor de Páscoa».

Liberte a sua mente de vez

Imagem
O método que neutraliza pensamentos autodestrutivos e que lhe diz o que (não) fazer para ser emocionalmente mais forte e saudável



Se conseguirmos ajustar o tom e o conteúdo das nossas conversas interiores e a maneira como avaliamos o que nos acontece, podemos revolucionar a nossa vida. A tarefa não é fácil, implica uma enorme persistência e uma boa dose de exigência e concentração mas, sim, é possível aprendermos a pensar bem para viver melhor. A ideia é defendida no livro «A arte de não amargar a vida», recentemente lançado no nosso país pela editora Pergaminho, da autoria do psicólogo Rafael Santandreu. Nele, o autor transporta para a vida do leitor, numa linguagem muito empática, casos reais, conselhos práticos e diretrizes da terapia cognitiva, usada nos consultórios de psicologia para que «nos transformemos em pessoas mais saudáveis e fortes». Partilhamos consigo um capítulo central da obra dedicada à «rotina do debate», que permite identificar o que pensamos de forma errada,
contra…

Não desista de si!

Imagem
Ao não tentar, não aprende. E aí, sim, está a falhar O processo criativo pode revelar-se um trabalho árduo e frustrante, quando se pretende atingir a originalidade.
Quando estamos expostos à pressão, e/ou quando sentimos que está tudo contra nós, revela-se de tal forma doloroso, que não conseguimos suportar por mais tempo a tensão.
Imediatamente a seguir, pensamos em desistir. De acordo com a Dica Arte Bem-Viver, se você está num processo criativo e está prestes a desistir, não o faça, porque o tempo de mudança está prestes a surgir e as probabilidades do meio criativo, em que você está envolvido, estão a seu favor.
Quando estamos envolvidos no processo criativo, a questão principal não tem a ver propriamente connosco (ego), mas com aquilo com que podemos contribuir (talentos) de uma forma abnegada e comprometida para o mundo à nossa volta. Estes são os motivos pela qual estamos motivados e envolvidos em criar algo novo.
Podemos questionar se valerá a pena a persistência e o propósito…

Prateleiras e Estantes

Imagem

Quarto Laranja

Imagem
Outra cor muito bonita é o laranja, que também fica muito bem com as cores base do meu quarto, que é os bejes e os castanhos. Ora vejam as fotos que eu encontrei. Maravilhosas!












Fotos: http://www.houseofturquoise.com/; http://achadosdedecoracao.blogspot.com/; http://casadiez.elle.es/; http://www.elmueble.com/

Decoração de sucesso

Imagem
Uma distribuição adequada, móveis bem escolhidos e estilo são os ingredientes para ambientes acolhedores e serenos.